Vereador diz que Confúcio só tem a cara de bom velhinho

Fonte: Mapping

Terça-Feira, 13 de Março de 2018 às 08:17

Compartilhar matéria:

No final da tarde desta segunda-feira (12) o vereador Jair Montes (PTC) usou a tribuna no pequeno expediente da Casa de Leis municipal e mostrou-se insatisfeito com o silêncio dos órgãos fiscalizadores no caso dos R$ 30 milhões na construção de uma ponte em Ji-Paraná e da venda de um terreno, que segundo informações o valor inicial oferecido foi de R$ 90 Mil, mas chegou a casa dos R$ 4 Milhões de Reais.

O vereador destacou ainda que acredita no Ministério Público e no Tribunal de Justiça, pois ambos darão reposta à sociedade rondoniense sobre a investigação do número exorbitante repassado pelo governo de Confúcio Moura (MDB). Pela primeira vez Confúcio Moura teve a oportunidade de falar sobre o caso do grampo que envolveu o presidente da ALE de Rondônia Maurão de Carvalho (MDB). A pergunta foi realizada por uma jornalista de um grupo de TV na cidade de Ariquemes (RO), Confúcio afirmou que não está envolvido com o grampo e que não tinha mais nada a declarar.

Jair Montes lembrou do seu caso na Operação Apocalipse que resultou em sua prisão e nas dos demais colegas Marcelo Reis (PSD) e Edwilson Negreiros (PSB). Indignado com as atitudes governamentais de Confúcio Moura, Montes ressaltou que o governador só tem a cara de bom velhinho, mas quem o conhece sabe da capetice que é capaz.

Direção Geral: Vinicius Queiroz
Rua Reverendo Elias Fontes - N°1914, Agenor de Carvalho
Porto Velho/RO. 76820-294
Fone: 69-99993-4921