RIO BRANCO - Chuva invade residências e castiga comunidade

Fonte: AC 24 Horas

Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2018 às 16:04

Compartilhar matéria:

O Igarapé Batista transbordou durante a chuva da noite de ontem e madrugada desta quarta-feira, 14, e deixou dezenas de casas debaixo d’água no Bairro da Paz, em Rio Branco. Famílias inteiras foram obrigadas a deixar suas residências durante a madrugada.

“Era meia-noite quando a água começou a invadir minha casa, e tive que sair com os meus dois meninos. Ainda deu pra salvar uma geladeira e uma cama”, diz Dolores de Figueiredo, mãe de dois filhos menores, que foi abrigada por uma vizinha. Ela, seus filhos e outras duas famílias aguardam na área de uma residência de uma vizinha ajuda do poder público.

O Igarapé Batista transbordou durante a chuva da noite de ontem e madrugada desta quarta-feira, 14, e deixou dezenas de casas debaixo d’água no Bairro da Paz, em Rio Branco. Famílias inteiras foram obrigadas a deixar suas residências durante a madrugada.

“Era meia-noite quando a água começou a invadir minha casa, e tive que sair com os meus dois meninos. Ainda deu pra salvar uma geladeira e uma cama”, diz Dolores de Figueiredo, mãe de dois filhos menores, que foi abrigada por uma vizinha. Ela, seus filhos e outras duas famílias aguardam na área de uma residência de uma vizinha ajuda do poder público.

Alguns moradores reclamam que até as 11h da manhã desta quarta-feira, mesmo após inúmeras ligações com pedidos de ajuda, o Corpo de Bombeiros não havia ido ao local.

Ao ac24horas, o major Falcão afirmou que vai pedir reforço da Defesa Civil e enviar ao Bairro da Paz equipes para o trabalho de remoção de famílias. “São muitas chamadas. A gente tratou das emergenciais. O caso do Bairro da Paz é de remoção”, diz o major.

Outra preocupação de alguns moradores é com a energia elétrica que continua ligada no local.

O prefeito de Rio Branco, Marcus Viana, percorre desde cedo os bairros da capital que sofreram com o transbordamento de córregos durante a chuva.

Órgãos municipais como Emurb, Semsur, RBTrans, Secretaria de Saúde, além da própria Defesa Civil, se mobilizaram para ajudar na retirada de móveis, animais e até de pessoas com dificuldade de locomoção de residências alagadas.

A Defesa Civil Municipal informou que o volume de chuvas em Rio Branco foi de 277, 4 milímetros, o equivalente a um mês inteiro de chuva.

Até o momento, o Corpo de Bombeiros recebeu 115 chamadas por causa da chuva. A maioria dos casos é de alagamentos, informa o major Falcão.

Famílias inteiras ficaram ilhadas. Córregos transbordaram e interditaram ruas na capital. A todo momento chegam novos registros, fotos e vídeos de ruas e residências alagadas.

Há registros de alagamentos na Baixada da Sobral, no Bosque e no 2º Distrito. A Estrada do Calafate no trecho próximo à rotatória da Via Verde ficou debaixo d’água.

Direção Geral: Vinicius Queiroz
Rua Reverendo Elias Fontes - N°1914, Agenor de Carvalho
Porto Velho/RO. 76820-294
Fone: 69-99993-4921