ISS da advocacia em Porto Velho é retirado por liminar

Fonte: Assessoria

Quarta-Feira, 07 de Fevereiro de 2018 às 13:18

Compartilhar matéria:

A desembargadora Federal Ângela Catão do Tribunal Regional Federal da 1ª Região deferiu liminar ao recurso apresentado pelo advogado Breno de Paula, proibindo a cobrança abusiva e ilegal do ISS da advocacia em Porto Velho. O conselheiro e ouvidor nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Elton Assis, acompanhou todo trâmite do Agravo de Instrumento impetrado no TRF e foi a Brasília junto com Breno de Paula na semana passada, comemorou a decisão favorável aos profissionais do Direito.

A Prefeitura de Porto Velho, através da Secretaria Municipal de Fazenda (Semfaz), alterou o fato gerador da cobrança do ISS contrariando dispositivos da Constituição Federal. Em entrevista, o conselheiro Elton Assis, comentou a decisão afirmando que “todo o sistema OAB está mobilizado na defesa intransigente das prerrogativas da advocacia”.

O conselheiro federal Breno de Paula afirma que “o poder tributário não é absoluto e deve respeitar fundamentos constitucionais. O egrégio Tribunal Regional Federal restabelece as balizas constitucionais entre o fisco e contribuintes”.

Deputado Jesuino Boabaid se indigna com veto do governo

Deputado Jesuino Boabaid se indigna com veto do governo

Sessão Solene homenageia servidores da SEJUS

Sessão Solene homenageia servidores da SEJUS

Direção Geral: Vinicius Queiroz
Rua Reverendo Elias Fontes - N°1914, Agenor de Carvalho
Porto Velho/RO. 76820-294
Fone: 69-99386-6052