Aos 11 anos, vaza vídeo da MC Melody em site pornô

Fonte: Noticias ao Minuto

Segunda-Feira, 28 de Janeiro de 2019 às 11:08

Compartilhar matéria:

 
Uma polêmica envolvendo a cantora MC Melody dominou as redes sociais de um tempo para cá. A menina, que viralizou na internet por causa de seu famoso falsete, logo começou a se sexualizar precocemente e passou a divulgar fotos sensuais nas redes sociais e também adotou roupas "adultas" em seus clipes.
 
A sexualização precoce foi tamanha que vários vídeos da jovem foram parar em um famoso site pornográfico que é alimentado por conteúdo publicado pelos próprios usuários. Nenhum deles, vale lembrar, pornográfico de verdade. A maioria são fotos altamente sensuais ou até montagens com o rosto da jovem.
 
Se depender de um escritório de advogados contratado pelo youtuber Felipe Neto, no entanto, esse material não permanecerá no site por muito tempo. Isso porque esse escritório notificou judicialmente a empresa responsável pela hospedagem dos vídeos para que os retire da rede social.
 
De acordo com o jornal Extra, esse foi o primeiro de uma série de pedidos de retirada de conteúdos impróprios da cantora que serão feitos pelo escritório. Eles estão, na atual fase, fazendo um levantamento das publicações.
 
MELODY VOLTA AO INSTAGRAM COM FOTOS REMOVIDAS
 
Aos 11 anos, MC Melody teve seu nome envolvido em uma grande polêmica por conta de sua "erotização precoce". Por conta disso, a cantora mirim acabou perdendo seu perfil no Instagram no início da semana e a guarda da menina não é mais do pai, Thiago Abreu, e sim de Glória Daiane, a mãe.
 
Com a mudança, as fotos consideradas erotizadas foram retiradas do Instagram da artista mirim. Além de MC Melody, outra que acabou voltando a rede social foi Bella Angel, de 14 anos. A partir de agora as duas contas serão administradas pela mãe das duas jovens, junto com profissional indicada pelo youtuber Felipe Neto. Em recente entrevista, Glória Daiane disse que nunca quis a sensualização das filhas.
 
"Nunca fui a favor (da sensualização). Sempre fui contra. Sempre reclamava quando elas usavam roupas curtas, mas elas batiam o pé e o pai também. Nunca consegui ser presente nessa questão da carreira das duas porque estava trabalhando. De repente, comecei a ver minhas filhas com muita exposição e erotização. Reclamava muito. O problema é que ele (Thiago) nunca me escutou", afirmou.

Direção Geral: Vinicius Queiroz
Rua Reverendo Elias Fontes - N°1914 , Agenor de Carvalho
Porto Velho/RO. 76820-294
Fone: 69999934921